Criado-mudo antigo do Lixo para Casa - Blog de empreendedorismo materno | Valor Em Casa

10 de setembro de 2017

Criado-mudo antigo do Lixo para Casa

Ellen Luz Blog Valor em Casa
Imagem: Um Brinco
Recentemente descobri o meu estilo de decoração, foi uma grata surpresa e posso dizer que esse estilo já nasceu comigo. Na verdade, a casa reflete muito quem somos e como nos sentimos, mas às vezes demoramos muito tempo para expressar nosso jeito nos objetos. E ai fica aquela sensação de que sempre está faltando alguma coisa.

Enfim, desde adolescente eu já era apaixonada por coisas "feitas à mão", reaproveitadas e reinventadas. Eu sempre gostei da casa do jeito que ela é, sem frescura e sem esconder a sua história.
Tijolos à mostra, móveis antigos e muitas plantas, amo, amo e amo!
Ellen Luz
Imagem: Blog da Reforma

No entanto, só agora, depois de adulta e de decorar a minha terceira casa é que pude rotular esse meu jeito de organizar e usar os ambientes: Industrial Boho.

Entre suas características, esses dois estilos que, no meu caso se complementam, possuem algo em comum: a reutilização de móveis antigos e DETONADOS.

Aqui faço questão de usar o exemplo do meu mais novo amor: um criado-mudo estilo Luiz XV da década de 30.
Blog Valor em Casa

O que eu mais gosto nos móveis são as histórias por trás de cada item e esse criado mudo tem isso, fico olhando para ele e imaginando em quantas casas ele já esteve, quem o escolheu em uma loja, quem o fez, quantas coisas já acontecerem no ambiente onde ele ficava e por fim, como eu o encontrei...

Meus vizinhos se mudaram e jogaram a casa inteira fora, móveis e mais móveis entulhados na frente da casa desalugada, mas não ficaram muito tempo por lá não.
Imagem: Mix Imóveis
Aqui abro um espaço para falar sobre uma coisa muito legal que acontece no meu bairro: as pessoas costumam colocar na calçada de suas casas móveis e objetos em bom estado, mas que eles não querem mais para que outras pessoas possam aproveitar. Se fica mais de um dia, eles colocam o móvel para dentro novamente para desmonte e descarte ou doação. Isso acaba sendo uma boa atitude sustentável.

Como estava dizendo, os móveis dos meus vizinhos não ficaram muito tempo na calçada, muita gente aproveitou tudo o que tinha, sobrando apenas itens que ninguém quis e esse criado-mudo foi um deles. No dia seguinte após uma leve chuva durante a madrugada, minha mãe e eu vimos que ele ainda estava lá fora, um pouco mais detonado do que no dia anterior e foi assim mesmo que eu me apaixonei por ele, peguei, lixei, limpei, pintei e cromei o puxador de cobre feito à mão.
Blog Valor em Casa
O meu criado-mudo antes da reforma. Madeiras soltas, tinta descascadas e puxador escurecido pelo tempo.
Agora ele tem um novo lar e pelo menos mais cinquenta anos de duração ao lado da minha cama. 💗💗💗
Estilo Luiz XV anos 30 Valor em Casa Blog
Aqui ele já reformado, lixado, limpo, pintado e com o puxador na cor natural.
Estilo Luiz XV anos 30 Valor em Casa Blog

E ai, gostou do meu criado-mudo? Espero te inspirar a ver a sua casa com outros olhos. Aproveita e me conta, você também já reformou algum objeto? Você sabe qual é o seu estilo de decoração?

2 comentários:

  1. Ficou um charme esse criado mudo! Estás vendo que com bom gosto e criatividade dá para fazer coisas lindas e de quebra, ajudar o meio ambiente! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que vc achou charmoso, Vaninha, eu amei reformar esse móvel e prometo mostrar muitos outros objetos que eu fiz aqui em casa. Beijos e uma ótima semana!

      Excluir

Aeh! Vai sair sem comentar? Que feeeio! Faz uma pergunta ou deixa um recadinho aqui pra gente. Depois, dá uma voltinha pelo blog, tem uma par de coisas legais pra você ler e assistir. Beijos na bochecha.