Vida de Empreendedora

março 26, 2017

Blog Valor em Casa

Ainda hoje, muitas pessoas tem dúvida sobre o que é empreendedorismo e o que um empreendedor faz. O que eu posso dizer sobre a minha experiência pessoal é que empreender não é nada fácil, sobretudo se você é mulher, esposa e mãe ao mesmo tempo, pois vida de empreendedora pode ser um desafio fatal!

As tarefas diárias são verdadeiras barreiras, como se o universo estivesse provando a sua capacidade a todo momento. Mas não estou me queixando não, todo mundo diz que ser mãe é lindo, e é, mas extremamente complicado. Todo mundo diz que casar vale a pena, e vale sim, mas se adaptar a uma pessoa estranha leva tempo e contar só com o 'amor' pode não ser o suficiente. Todo mundo diz que sendo empreendedora você tem a chance de fazer os seus próprios horários e viajar o mundo todo, pode sim, mas até você alcançar a sua independência financeira, você terá que ter falido algumas vezes. 
Como tudo o que é bom na vida, essas coisas são maravilhosas e juntas então, são fantásticas e difíceis! Mas o conselho que eu posso te dar é:

"Se você está pensando em casar, não case!
Se você quer ser mãe, definitivamente, não seja!
Se tem vontade de ser empreendedora, não faça isso!"

Antes avalie o quanto você é determinada, o quanto você é focada, o quanto você é competitiva, porque a sua maior inimiga será você mesma, e o tempo todo você irá ouvir sua consciência dizendo que você não é boa o suficiente: "... o filho está doente - você não cuidou direito! O marido não te ajuda - você fala demais! O cliente está insatisfeito - você não delegou a tarefa corretamente! Um Tsunami invadiu o Brasil - você não está separando o lixo reciclável e isso está poluindo o meio ambiente e por sua causa o mundo está se deteriorando... 

VOCÊ NÃO É UMA BOA MÃE! VOCÊ É UMA PÉSSIMA ESPOSA! VOCÊ NÃO FOI VER OS SEUS PAIS ESSE MÊS? VOCÊ ESQUECEU DA FESTA DE ANIVERSÁRIO DA AMIGUINHA DO SEU FILHO? VOCÊ VAI SAIR ASSIM? VOCÊ NÃO VAI CONSEGUIR AQUELE CONTRATO! VOCÊ ESTÁ TRABALHANDO DEMAIS! VOCÊ ESTÁ RIDÍCULA COM ESSA ROUPA! VOCÊ ESTÁ GORDA! VOCÊ ESTÁ MAGRA DEMAIS! VOCÊ NÃO EDUCA SEU FILHO DIREITO! VOCÊ NÃO DÁ CONTA! O QUE VOCÊ ESTAVA PENSANDO? VOCÊ NÃO... VOCÊ NÃO... VOCÊ NÃO...

Esses são apenas alguns dos pensamentos que você vai ouvir diariamente, caso insista. No entanto, quando você assume o desafio de amar um estranho, mesmo com toda a 'bagagem' de ensinamentos diferentes que ele tem, quando você deseja cuidar de um outro ser-humano, educá-lo e entregá-lo ao mundo, quando você se propõe a ajudar a comunidade em que vive, oferecendo serviços de qualidade, algo extraordinário acontece dentro de você!

"Quando você enfrenta o mundo, mostra que é forte. Quando enfrenta a si mesmo, mostra que é excepcional!"

Digo isso por experiência própria. Todos o dias eu enfrento essa pessoa chamada Ellen, que me faz olhar no espelho, no fundo dos meus olhos e dizer: eu consigo!
Todos os dias eu penso se quero ou não continuar sendo esposa, mãe e empreendedora. Sim, porque todos os dias você precisa escolher em ser ou não ser. E desistir é mais difícil do que continuar, pelo menos pra mim. Desistir significa que eu perdi tempo e perder tempo é a única coisa que eu odeio de verdade, então, eu continuo fazendo algo novo e melhor todos os dias, assim eu sei que não estou desperdiçando meu precioso tempo.

Tem mais uma coisinha que eu quero te lembrar, caso você insista nessa loucura de ser esposa, mãe e empreendedora: contratempos todos nós temos, coisas boas e coisas ruins acontecem o tempo todo com qualquer um, mas quando esses contratempos acontecem com quem você ama, com quem você é responsável por cuidar, isso é devastador.
Todos os dias você terá que lutar para vender mais e garantir o pagamentos dos seus funcionários e parceiros na empresa. Todos os dias você terá que pensar por dois e eu não estou falando do seu filho, os homens tem a capacidade de nos fazer decidir por eles, e se não for assim, as coisas não seguem como o planejado. Todos os dias você terá que aprender coisas novas e verá o seu bebezinho crescendo 'na velocidade da luz' e nem sempre você terá tempo para acompanhar esse crescimento e se sentirá culpada.

"Todos os dias a vida vai devastar você e todos os dias você vai se preguntar se fez a escolha certa. O que eu posso te dizer é que SIM, você escolheu certo!"

Na verdade a escolha de você ser uma vencedora foi feita por você no útero da sua mãe. O que nós fazemos quando adultas é optar em continuar sendo vencedoras ou sermos apenas mulheres. 
Blog Valor em Casa
Entenda, não estou dizendo que a mulher que escolheu ficar solteira, não ter filhos e trabalhar para outras empresas não seja. DE JEITO NENHUM! Na verdade, elas são guerreias como as que escolheram ter tudo isso.
Imagine ouvir o tempo todo aquelas 'malditas' perguntas que as pessoas sabem que são inconvenientes, mas fazem mesmo assim: quando você vai se casar? Você ainda não se casou, mas quantos anos você JÁ tem? E os filhos, você não quer filhos? Com essa idade e você ainda trabalha para os outros?..

Todas as mulheres são vencedoras, algumas optam em não ser. Independente da escolha que você fizer, sempre opte em continuar vencendo. Se escolher se casar, ter filhos e trabalhar em algo que você gosta, faça disso a melhor coisa que você já fez. Se optar em não ser mãe, ficar solteira e trabalhar para uma outra empresa, seja a melhor. Ganhe a medalha de ouro, porque você consegue!
Blog Valor em Casa
Você pode estar se perguntando: "mas que mulher escolheria em ser uma derrotada?" As mulheres que optaram por alguma coisa na vida e desistiram. São aquelas que tiveram filhos e os abandonaram de um jeito cruel (não as que entregam para adoção, esse é um ato de amor), as que traem seus maridos (se você não pode contar para ninguém o que está fazendo, se te envergonha, então não faça!), as que começam um trabalho e põe a culpa no chefe, nos colegas de trabalho, nos funcionários, até no papa ( se não está bom, mude, recomece, mas não culpe os outros), enfim, são as mulheres que desistiram de quem elas são. Sim, por mais terrível que possa parecer, somos guerreiras, nascemos para isso, por isso Deus nos criou, para sermos o melhor do mundo, senão ele não precisaria colocar tanta habilidade em um ser só.

"Não desperdice a habilidade que Deus te deu, você sempre pode fazer melhor!"

Pra terminar, quero contar uma coisa:
As vezes, penso que não planejei bem a minha vida, e por isso, as consequências desse mal planejamento exige esforço em dobro para que eu consiga alcançar meus objetivos. No começo eu me desesperava e até concordava com esse pensamento, no entanto, com o passar do tempo, quando esse pensamento me vem a cabeça, eu me pego lembrando de como era a minha vida antes do meu marido, do meu filho e da minha empresa. Lembro de como faltava alguma coisa. Apesar de ser sempre focada e de ter objetivos, eu sentia que me faltava algo e hoje me sinto completa. As vezes, e só as vezes quando meu filho sai do quarto dele, todo sorrateiro pela manhã para se aconchegar na nossa cama, me pego olhando para eles dois, para o meu marido e para o meu filho, dormindo tranquilos, eles são tão parecidos... depois passeio pela casa, alimento nosso coelho, fofinho e lembro de como o salvamos... vou para o quintal e falo com a nossa cachorrinha (sim eu falo com ela, me julguem! kkk) e percebo como ela parece feliz... Bebo uma xícara de café e olho para as árvores no parque em frente à minha casa e vejo como sou feliz, sim, eu não planejei nada disso e mesmo que o fizesse, não seria tão perfeito.
Blog Valor em Casa
Então, minha amiga, o meu conselho para você é que, as vezes e só as vezes, as coisas não planejadas são melhores e muito melhores das que planejamos, a questão é fazer o dia de hoje ser o melhor para todos, pois só você pode fazer isso! Se você não planejou ter um filho, mas tem, seja a melhor mãe do mundo. Você não panejou 'se juntar' com esse indivíduo que mais parece seu inimigo do que seu marido, MUDE VOCÊ, seja a melhor esposa do mundo. Ele não merece! Ele não, mas você merece ser a melhor! Se você não planejou ficar desempregada, acontece, comece um novo negócio e seja a melhor nisso, se proponha a ajudar a sua comunidade. Se você vende calcinhas, pense em vender para as mulheres que não tem tempo ou tem vergonha de ir comprar na loja, as ajude. Se você vende cosméticos (livres de crueldade com os animais, por favor!🙂), pense em deixar as suas clientes mais bonitas e você também, não faça só pelo dinheiro, ajude e você será recompensada. Seja a melhor em tudo o que você fizer, não porque as outras pessoas dizem que você É ou NÃO É, seja porque, simplesmente, você merece ser e foi feita pra ser.
Vida de empreendedora não é fácil, não só porque nós empreendemos, mas porque somos mulheres.

Ellen Camargo



Fontes imagens: http://www.clickgratis.com.br/

Acho que você também vai gostar de ler estes:

2 comentários

  1. Oi,Ellen! Como me identifiquei com seu artigo! Tenho as mesmas impressões que você.Acho que não soube conduzir bem a vida e por sofro horrores,hoje, tendo que recomeçar do zero numa idade em que já deveria estar desacelerando. Mas, graças a Deus que nos dá forças para enfrentar as lutas do dia a dia, não é mesmo? Um abraço, Ellen! Obrigada pelo belo texto e pelo exemplo de vida. Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É difícil mesmo olhar pra trás e ver que por falta de experiência e por ouvir pessoas erradas, deixamos de aproveitar bem o nosso tempo, mas o importante é seguirmos tentando e aprendendo cada dia. Obrigada pela visita. Beijos

      Excluir

Aeh! Vai sair sem comentar? Que feeeio! Faz uma pergunta ou deixa um recadinho aqui pra gente. Depois, dá uma voltinha pelo blog, tem uma par de coisas legais pra você ler e assistir. Beijos na bochecha.

Copyrigth @2017

É um site sobre variedades. Criado em 2013 por Ellen Luz.
Aqui você vai encontrar informações sobre negócios, finanças, cotidiano, maternidade e tecnologia. Além de experiências reais de empreendedores, mães e a minha, é claro.