Nem tudo é um mar de rosas





Olá meninas! Faz cinco meses que o Miguelito nasceu e vocês acreditam que eu já estou com saudades de quando ele era bem novinho? Vai entender, né! Para matar a saudade e pra contar mais um pouquinho sobre a minha gestação, resolvi responder essa tag super gostosa que eu encontrei por aí, juro que eu não lembro em que blog eu vi, se alguém souber a origem, por favor me avisem para que eu possa dar os devidos créditos. Pois bem, vamos à perguntas:
1. É ou foi sua primeira gravidez?
Sim e espero que seja a única, pelo menos por um bom tempo, quero curtir bastante meu homenzinho lindo.

2. Como foi que ficou sabendo que estava grávida?
Na verdade foi o Thiago, meu marido que percebeu. Eu sempre fui de comer bem pouco e de repente passei a "beliscar" petiscos o tempo todo, eu demorei acreditar, só mesmo depois do exame de sangue que a ficha caiu, mais ou menos. :)

3. Como foi que você contou para seu parceiro?
Acho que foi ele quem me contou (ahahah), fiz o teste de farmácia por insistência dele, sai do banheiro com o teste POSITIVO na mão e disse com a cara mais perdida do mundo: 'amor deu positivo...' - ai ele disse: "eu já sabia!" - e abriu um sorrisão. 

4. Como você se sentiu quando descobriu que estava grávida?
Perdida e meio descrente, pois eu achava que não podia ter filhos. Fiquei casada por nove anos no meu primeiro casamento e sempre tentando e nada. Mas com o o Thiago, assim que pensamos em ter, tivemos! kkkkk. Então eu não espera que ia mesmo acontecer.

5. Quando você comprou a primeira roupinha do neném?
Eu demorei pra comprar, pois dizem que não dá muita sorte, mas o Miguel ganhou muita coisa e ainda ganha, inclusive de parceiros do blog, por isso compro só o que é essencial e um brinquedinho ou outro. Engraçado que eu tinha guardado uma roupinha da minha primeira gestação, até pensei que eu tinha doado, mas para minha surpresa tive a oportunidade de usar no Miguel.

6. Como seu corpo reagiu a gravidez?
Terrivelmente! Eu adoro academia, musculação e toda aquela rotina fit, como eu tive que parar o corpo sentiu muito. Engordei 37 kg ao todo e no último mês mal conseguia andar, foi terrível! Agora já estou recuperando, mas infelizmente as marcas que um anjo esteve na minha barriga ficaram, não me envergonha, porque essa é a única lembrança real que ele esteve ali. 

7. Você se achava bonita durante a gravidez?
Apesar do peso excessivo, eu me achava muito especial no inicio da gravidez, mas quando o nono mês vai chegando, não há beleza que aguente!

8. Você tinha preferência por sexo?
Desde sempre eu quis um menino, mas todo mundo dizia que eu ia ter uma menina e quando eu comecei a me acostumar com a ideia, lá pelo quarto mês, descobrimos que era um menino, ai esqueci completamente da vontade de ter menina.

9. Como você imaginava seu bebê?
Eu sempre quis que ele parecesse com o pai e tivesse a minha personalidade, e até nisso Deus me atendeu. Só o nariz é igual ao meu, na verdade é Ctrl+C - Ctrl+V do meu.

10. O que você achou dessa tag?
Amei e quem quiser pode responder e me deixar o link aqui embaixo para eu conhecer a história de vocês também. E vocês, diz ai, o que acharam da minha história?[]


Leia também:

O sexo do bebê



Veja mais sobre maternidade toda sexta-feira aqui no BLOG.


Você gosta do blog? Então inscreva-se para receber as matérias no seu e-mail

2 comentários:

  1. Ellen, Tenho quatro filhos. Dois meninos e duas meninas. Modo de dizer. Minha filha mais velha já está com 26 anos, o outro com 24 e o casal de gêmeos com 21.
    Cada gravidez foi incrivelmente diferente uma da outra. Foram experiências lindas, marcantes, porém, como você diz,nem tudo um mar de rosas. Mas sou grata a Deus pelos meus filhos. Dizem que ser mãe é padecer no paraíso. Já li também em algum lugar que ser mãe é desfiar o coração. Fibra por fibra. Gostei muito dessa última definição. Bjs. Um abraço em você e no Miguelito, também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Num brinca que você já tem filhos moços? Você tem cara de menina! Eu super concordo com essa segunda frase, que "ser mãe é desafiar o coração", o meu todos os dias passa por uma verdadeira maratona de resistência! rsrsrs beijão.

      Excluir

Aeh! Vai sair sem comentar? Que feeeio! Faz uma pergunta ou deixa um recadinho aqui pra gente. Depois, dá uma voltinha pelo blog, tem uma par de coisas legais pra você ler e assistir. Beijos na bochecha.

Para ler em seguida

É um site sobre empreendedorismo materno e digital, criado em 2013 por Ellen Luz.
Aqui você vai encontrar informações sobre negócios, finanças, cotidiano, maternidade e tecnologia. Além de experiências reais de empreendedores e profissionais do ramo.

Copyright (C) 2017

Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por MeuBlogPronto Serviços Digitais

Leitores

Junte-se a todos os leitores do Valor em Casa. Assine!