A Novela da Minha Vida Real - 1º Capítulo

abril 06, 2015

Então tá, essa é a minha história, ou pelo menos uma delas. Resolvi contar por contar, me disseram que igual a mim existem muitas mulheres e eu poderia ajudar alguém, é que na verdade não creio muito que minha história tenha todo esse poder, mas servirá ao menos para o seu entretenimento, se é que eu posso dizer isso. 

Vou contá-la em capítulos semanais para não te cansar e acompanhando assim essa novela da minha vida real você vai conhecer profundamente um período de ouro da minha vida.

Não tem como eu contar a minha história sem falar sobre a minha forte personalidade, capricorniana, ambiciosa, determinada e obstinada, mas nem tanto.

Eu sou o tipo de pessoa que "dá murro em ponta de faca", mas desiste fácil daquilo que não é promissor. E foi assim que aconteceu comigo, por longos nove anos fiquei presa a um casamento errado, que não me agregou nada, ao contrário, só me fez perder o meu precioso tempo. 

Tínhamos tudo para dar certo, nos conhecemos quando eu tinha 15 anos e ele 19. Namoramos por cinco meses, mas fomos obrigados a nos separar (nem me atrevo a comparar a minha história com uma guerrilha oriental, onde famílias são dizimadas em nome da religião), minha família é toda protestante, quanto que a dele, católica, ou seja não aceitavam a hipótese de um relacionamento entre religiões diferentes. E como éramos muito jovens, ficamos separados por cinco anos. 

Mais tarde, já adultos, decidimos que íamos ficar juntos e ficamos, namoramos, noivamos e casamos contra a vontade de todos, fizemos dar certo.

________________________________________________________________________
"minha futura sogra confidenciou à minha cunhada que gostaria que o carro em que nós dois estávamos, tombasse para que esse casamento não acontecesse."
_________________________________________________________________________

Não digo que foi fácil, pois não foi. Nos humilharam, passamos necessidade, moramos de favor, até que a nossa situação mudou. 

Nos casamos no civil em abril de 2006, e nessa manhã, a minha futura sogra confidenciou à minha cunhada que gostaria que o carro em que nós dois estávamos, tombasse para que esse casamento não acontecesse. Não houve festa, não tive vestido de noiva, nenhum membro da minha família compareceu à cerimônia. Não tínhamos dinheiro nem para tirar foto, por isso ficou combinado que a irmã dele iria se encarregar das imagens, foi o que ela fez, mas assim que chegamos em casa e eu pedi para descarregar as fotos, ela havia deletado tudo. Naquele tempo, ainda não era comum ter celulares e câmeras digitais à mão. É, por isso ficamos sem registro do nosso casamento, mesmo assim nos esforçamos demais para sermos aceitos entre as nossas famílias e fomos. Moramos de favor na casa do pai dele, por pouco tempo dependemos de um e de outro e retribuímos tudo. 

Ele era frentista em uma rede de combustível e eu telemarketing. Mas a nossa vida mudou em 2007 quando ele entrou no banco, eu ajudei com meu incentivo e muito carinho,  cuidei, orientei e aprendi para ensinar, afinal a parte dele era apenas trabalhar, a minha era administrar o dinheiro, trabalhar, lavar, passar, cozinhar, pesquisar e todo o resto. Foi assim que em 2007 compramos nosso apartamento e o mobiliamos à vista só com o melhor. E a partir de 2008 tudo parecia perfeito, parecia, pois nosso sonho passou a ser um filho. Só que não aconteceu. Tentamos durante um ano, mas no início de 2009 veio a notícia, eu estava grávida, ótimo! Pena que a nossa alegria durou tão pouco...



CONTINUA...

   

Acho que você também vai gostar de ler estes:

6 comentários

  1. pelo amor de Deus, não para ai... se a Globo pega esse teu post como base para uma novela, vai bombar no Ibope - brincadeira, amiga, mas é que me deixastes super curiosa... e pelo visto, vai ser novelão, se bem que já imagino o final (final que não tem, pois a vida continua)... se Deus quiser, e vai querer, vai ser feliz... estou torcendo por ti e louca pelo próximo post
    bjs
    tititi da dri

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk... oi Dri! Pode deixar que anda há muitos capítulos pela frente, algumas tristezas e muitas alegrias, acompanha ai! Beijos

      Excluir
  2. Que historia triste meu Deus do céu, ate chorei lendo , era pros que é protestante ajudar e não espalhar , e orar para que tudo da certo. Infelizmente acontece.Não vou muito longe porque se não da briga kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Maah, mas depois de tudo isso, Deus já me deu vitória, acompanhe...

      Excluir
  3. Mais Deus é maior na nossa vida. Quero ler os restos da vida real

    ResponderExcluir

Aeh! Vai sair sem comentar? Que feeeio! Faz uma pergunta ou deixa um recadinho aqui pra gente. Depois, dá uma voltinha pelo blog, tem uma par de coisas legais pra você ler e assistir. Beijos na bochecha.

Copyrigth @2017

É um site sobre variedades. Criado em 2013 por Ellen Luz.
Aqui você vai encontrar informações sobre negócios, finanças, cotidiano, maternidade e tecnologia. Além de experiências reais de empreendedores, mães e a minha, é claro.