Melasma - Blog de empreendedorismo materno | Valor Em Casa

15 de dezembro de 2013

Melasma

Olá minhas queridas! O assunto de hoje é sobre um dos problemas de pele mais comuns e que ainda atinge uma grande quantidade de mulheres o melasma.

É um distúrbio de pigmentação caracterizado por manchas castanhas que aparecem no rosto e também em outras partes do corpo.
As manchas são resultado de alterações na produção e distribuição de melanina, pigmento responsável pela coloração da pele.

Acomete principalmente mulheres, de todos os fototipos e pode ocorrer em homens.

Mas o que ocasiona esse problema? Os fatores mais comuns são a exposição solar excessiva e alterações hormonais (gravidez e uso de anticoncepcional) que causam desiquilíbrio no processo de produção e distribuição de melanina na pele.

Existem vários tipos de manchas, portanto é importante consultar um médico assim que alguma mancha for notada. Lembre-se que o dermatologista é o especialista mais indicado para avaliar seu tipo de pele e o tratamento adequado a ela.

Não faça uso de medicamento por conta própria, você pode correr o risco de piorar sua situação e comprometer o resultado do tratamento. 

O melasma, assim como qualquer outra enfermidade, pode mexer não apenas com o exterior, mas também com a auto-estima da pessoa. 

A prevenção é a maior cura. Nunca se esqueça que o uso diário de protetor solar FPS 30 ou maior previne o aparecimento de manchas e outras doenças da pele. Portanto abuse desse maravilhoso produto.




O tratamento é feito em duas etapas, na primeira é feito o clareamento da mancha com ácido tranexâmico injetável associado com um peeling para melasma ou um laser especifico. Na segunda, é feita a manutenção da pele livre das manchas  

De qualquer forma, o tratamento é demorado e pode levar no mínimo seis meses para que as manchas sejam clareadas.

Mulheres grávidas ou amamentando não podem realizar qualquer tipo de tratamento. Para elas, há algumas opções de cremes, mas que precisam ser liberados pelo dermatologista e pelo obstetra.

Depois que as manchas foram clareadas...

Seu cuidado com a pele vai ser eterno. Em uma única exposição ao sol, elas podem voltar, sabia? É que, para melasmas, não existe cura, apenas controle. Basta um pouquinho de sol para que as manchas que estão nas camadas mais profundas da pele ressurjam. Por isso, é preciso estar sempre com o protetor na bolsa ou no carro e retocar quando sentir necessidade. E uma vez iniciado o tratamento para melasmas, nada de tomar sol. 
(Fonte: http://www.jcnet.com.br/editorias_noticias.php?codigo=229061)

Portanto, fique atenta e cuide-se! Um beijo e até mais.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aeh! Vai sair sem comentar? Que feeeio! Faz uma pergunta ou deixa um recadinho aqui pra gente. Depois, dá uma voltinha pelo blog, tem uma par de coisas legais pra você ler e assistir. Beijos na bochecha.