Curso de Maquiagem PARTE II: bio-tipo cutâneo - Valor Em Casa | Blog de cotidiano | Ellen Camargo

Curso de Maquiagem PARTE II: bio-tipo cutâneo


Olá minhas queridas! Continuando o nosso curso de maquiagem, hoje vamos identificar o bio-tipo cutâneo do seu rosto.

Qual a textura que a sua pele apresenta para, só depois, investirmos em produtos que realçarão a sua beleza.
Pele Seca: a pele seca apresenta uma diminuição da produção de óleos naturais produzidos pela pele, tornando-se uma pele mais fina , ressecada, com pouco ou nenhum brilho, com tendências a descamação e aparecimento de linhas de expressão, poros fechados e sensível ao sol, desenvolvendo com facilidade eritemas e queimaduras. Esse biótipo de pele é pouco elástica apresentando um envelhecimento mais rápido em comparação a uma pele oleosa, justamente por não ter o fator natural de proteção.
Cuidados: É importante para os cuidados da pele seca, evitar substâncias alcalinas, ou seja, sabão, detergente, solvente e etc. A higienização, tonificação e principalmente a hidratação deve ser diária associado ao uso de um FPS.


Pele Oleosa:  a característica principal desse biótipo de pele é o caráter brilhante devido a presença quase que constante de oleosidade, além de ser aparentemente mais espessa e possuir poros mais profundos e visíveis.
Apresenta uma secreção sebácea e sudorípara abundante, por motivo hormonal ou não.
Mais frequentemente em indivíduos jovens, podendo desencadear comedões (cravos) e pústulas (espinhas), além disso essa pele suporta bem as agressões externas(variações climáticas), bem como contato com sabões e detergentes.
A pele oleosa pode apresentar um estado de desidratação, devido a secreção sebácea aumentada e a sudorípara diminuída.
Cuidados: A pele oleosa deve ser adequadamente limpa pois o excesso de limpeza pode levar a pele a desencadear acne. Também é necessário ser hidratada com produtos específicos para peles oleosas mantendo assim seu equilíbrio. Atenção: Em alguns casos ela pode ser desencadeada por uso de medicamentos, cosméticos inadequados, ambiente de trabalho e exposição solar.



Pele Normal: é um biótipo de pele incomum de se achar. Apresenta uma secreção sebácea e sudorípara equilibrada, aspecto suave com coloração e textura normais. Sua superfície é discretamente brilhante e os poros finos. Suporta razoavelmente contato a fatores climáticos externos.
Cuidados: É necessário aplicar produtos balanceados e modifica-los frente às condições ambientais, tais como: vento, sol, alimentação e mudanças de clima temporário.



Pele Mista: é um tipo muito comum onde a região “T” ( testa, nariz e pescoço) apresentam uma maior oleosidade e as demais regiões do rosto podem ser ressecada ou normal.
Cuidados: Para esse biótipo cutâneo podes-se utilizar o mesmo produto indicado para peles normais ou um produto adequado para cada região.



Pele Sensível: é um biótipo sujeito a irritações e ressecamento, apresentando tanto manto hidro lipídico  como a camada ácida muito pouco desenvolvida. Ocorre a alterações decorrentes à fatores genéticos e possivelmente pela utilização inadequado de produtos.

Cuidados: A Pele Sensível necessita de produtos balanceados, não sendo necessariamente produtos oleosos. O excesso de oleosidade nos produtos pode provocar dependência da pele por estes ingredientes e posteriormente deixa-la muito mais ressecada.

A partir de agora é possível investir em produtos específicos para sua pele e formato do seu rosto. Vamos às compras?
No próximo post vamos falar de produtos específicos para cada pele. Até lá. Beijinhos. 













Um comentário:

  1. Você sabe identificar qual é o bio-tipo da sua pele? Saiba como identificar e assim invista em makes que auxiliam na hidratação. E não se esqueça de me deixar suas dicas aqui.

    ResponderExcluir

Oi. Se você gostou dessa matéria, não deixe de opinar a respeito, aqui nós respeitamos a liberdade de expressão. Se faltou alguma informação, mande o seu conhecimento, assim podemos ajudar mais e mais pessoas. Obrigada pela visita!