Como reduzir as cólicas menstruais com exercícios físicos - Blog de empreendedorismo materno | Valor Em Casa

6 de setembro de 2013

Como reduzir as cólicas menstruais com exercícios físicos



Olá minhas queridas! Se você sofre de cólicas menstruais, essa pode ser uma boa saída para você. 

Na adolescência eu sempre tive muitas cólicas,
e elas só pioraram na fase adulta, tanto que diversas vezes fui parar no hospital.  Chegava lá, tomava um remédio intravenoso e voltava para casa, meses seguidos. Eu sempre pratiquei esportes e adorava caminhar, mas nunca com regularidade e os exercícios não eram intensos. Porém, quando comecei a intensificar minhas atividades e praticá-las com regularidade, percebi que as cólicas diminuíram consideravelmente. Percebi essa mudança a pouco tempo. 

Vocês sabem que eu estive internada e fiquei doente  por dois longos meses, nesse período eu não conseguia me movimentar por causa do cateter e senti cólicas horríveis durante o fluxo. Logo que sarei, voltei as minhas atividades físicas habituais e daí veio a constatação, o mês que eu mais me movimentava, não sentia cólicas ou as sentia muito leve, porém quando tive que parar as cólicas retornavam. 

Já tinha visto em algum lugar que a pratica de exercícios físicos ajudam na cura da endometriose, mas agora posso confirmar essa afirmação. Pesquisando sobre o assunto descobri que a atividade física ajuda tanto a prevenir como a tratar o mal. Existem diversos estudos sobre o assunto, porém um deles foi realizado por pesquisadores da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, com 4.062 mulheres. As voluntárias que relataram ser ativas desde jovens apresentaram uma tendência menor de desenvolver a doença. (Fonte: http://saude.abril.com.br/edicoes/0298/corpo/conteudo_278746.shtml)

Mas o que é a endometriose?  Hoje em dia, a mulher moderna demora para ter filhos, portanto menstrua mais vezes. Daí, aumenta a chance de ocorrer a menstruação retrógrada, em que o sangue reflui pelas trompas e é despejado, cheinho de células de endométrio, direto no abdômen. Porém, embora essas intrusas retornem pelas trompas, indo parar indevidamente em qualquer órgão da cavidade abdominal, isso não leva obrigatoriamente à endometriose. A menos que entre em cena outro grande vilão da atualidade: o estresse.

Muitos estudos mostram que devido a tensão em excesso o organismo não consegue eliminar as células uterinas invasoras. Excesso de trabalho, ansiedade, alterações no sono, tendência genética e poluição também estão relacionados à doença, cerca de 6 milhões de brasileiras sofrem de endometriose.


Por isso a prática de atividade física aeróbica regular é importante, pois ela libera endorfinas, que têm efeito vasodilatador e analgésico Esses neurotransmissores espantam o estresse e, o que é ainda melhor, reduzem os níveis de estrogênio, hormônio feminino envolvido na história.

Eu caminho cerca de 1 km por dia, em ritmo intenso. Pratico musculação todos os dias, inclusive aos domingos e faço algum esporte diferente aos finais de semana ou sempre que tenho tempo, como tênis, patinação ou natação. Adivinha, minhas cólicas quase que sumiram, as sinto bem pouco, quase nada. Houve melhora na TPM, além de fazer muito bem a minha pele e mente. 

Na minha opinião, apenas uma caminhada  intensa já ajuda, a melhora é com o tempo. 

O site Viva Saúde dá dicas de um exercício super bacana que promete combater as cólicas menstruais. Confira

  • Deitada de barriga para cima, sobre um colchonete, mantenha os pés apoiados no chão, joelhos flexionados e os braços estendidos na lateral do corpo. Tente retirar o bumbum do chão, num movimento suave, vértebra por vértebra, até chegar à região próxima da coluna cervical. O abdome deve ficar um pouco abaixo da linha dos joelhos. Sustente na ponte por 60 segundos e volte à posição inicial, lentamente. Atenção: o bumbum deve ser o último a baixar. Então, relaxe completamente, sentindo as costas apoiadas no solo, por pelo menos mais 60 segundos



  • Deitada de barriga para cima, flexione os dois joelhos, de modo que as coxas toquem o abdome. Então, abrace os dois joelhos e permaneça por 60 segundos. Depois, faça movimentos para as laterais, como que rolando de um lado para o outro, mas sem tirar as costas do chão. Movimente-se por mais 60 segundos, e, então, estenda os joelhos, relaxando.



  • Em pé, com pernas afastadas, posicione uma das mãos em cada ombro (a direita sobre o direito e a esquerda sobre o ombro esquerdo), mantendo os cotovelos bem flexionados. Então, leve os cotovelos em direção à lateral direita, sem tirar as mãos dos ombros, rotacionando a cintura. Permaneça por 60 segundos. Faça o mesmo do outro lado.



  • Deite de barriga para baixo, com os joelhos flexionados, de modo que as coxas toquem o abdome. Então, estenda os braços à frente do corpo, encoste a testa no solo e leve as mãos o mais distante possível do corpo, provocando um alongamento suave. Permaneça na posição por 60 segundos.



  • De joelhos, com as pernas um pouco afastadas, incline o tronco para trás, levemente, enquanto apoia as palmas das mãos no solo. Então, projete o quadril para a frente, levantando-o o máximo que puder, e sinta a tensão na parte anterior da coxa. Fique na posição por 60 segundos e volte à posição inicial.

  • Deitada de barriga para baixo, pernas estendidas, pontas dos pés apoiadas no solo. Os braços também devem estar estendidos, acima da cabeça. A testa deve permanecer apoiada no solo. Então, puxe a parte inferior da perna direita para cima e para trás com a mão direita, até que o tornozelo toque o bumbum. Fique nesta posição por 60 segundos. Depois, faça o mesmo com a outra perna



Seja por estética ou por saúde, você só te a ganhar praticando exercícios físicos regularmente. É claro que a alimentação é muito importante. Existem certos alimentos que são capazes de ajudar nessa luta de combate contra as cólicas menstruais, mas isso é assunto para um outro post. Até lá. Beijos







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aeh! Vai sair sem comentar? Que feeeio! Faz uma pergunta ou deixa um recadinho aqui pra gente. Depois, dá uma voltinha pelo blog, tem uma par de coisas legais pra você ler e assistir. Beijos na bochecha.