Baixa imunidade prejudica a beleza.

agosto 09, 2013

Meninas, achei super importante fazer esse alerta, pois às vezes usamos tantos produtos para cuidar da beleza exterior e nos esquecemos que os cuidados devem começar pelo nosso organismo.
Se você não consegue conquistar bons resultados no corpo, pode ser que a sua imunidade esteja baixa e, por isso, alguns sinais devem ser considerados, por exemplo:
Unhas fracas, queda de cabelo, cansaço, problemas de pele etc. A genética também conta, pois algumas pessoas já nascem com tendência a baixa imunidade.

Alguns fatores pode agravar esse problema, como uso de medicamentos que suprimem a imunidade, exposição à radiação, quimioterapia, má alimentação, uso de drogas, consumo de álcool, excesso de exercício físico, estresse prolongado, doenças que levam a uma grande perda de proteínas, doenças crônicas, deficiências de vitaminas, falta de repouso adequado, entre outros.  

Não existe um exame só pra detectar esse problema, mas se houver sintomas é importante procurar um médico, pois através de um exame clínico ou check up será  possível confirmar se você está com a imunidade prejudicada. 

Se você fica doente com frequência, isso pode ser um sinal. No entanto, os sintomas mais alarmantes são:
Boca: herpes, amigdalite e estomatite 
Pele: infecções recorrentes, abscessos, doenças gerais causadas por fungos, vírus e bactérias 
Ouvido: otites
Região genital: herpes 
Sistema respiratório: gripes e resfriados 

Segundo a lista da Fundação Jeffery Modell e a Cruz Vermelha Americana, elaborada para guiar médicos e profissionais no diagnóstico de pacientes, se você teve duas ou mais pneumonias no último ano, oito ou mais otites no último ano, estomatite (pode ser percebida por lesões na boca e gengivas) ou monilíase (é uma infecção causada por fungos e apresenta pontos brancos e escamosos em qualquer área da região bucal: língua, bochechas, gengivas ou lábios), furúnculos nas pernas e nos pés, meningite, artrose ou septicemia (é uma infecção generalizada que se espalha por todo o organismo, por causa de bactérias que infectam o sangue), infecções intestinais ou diarreia crônica, asma grave, doença do colágeno ou doença autoimune, efeito adverso ao BCG (vacina contra a tuberculose) ou infecção por micobactéria e histórico familiar de imunodeficiência, você precisa ser diagnosticada!

Todas essas informações você encontra no site Minha Vida.

Alimentos como laranja, acerola, kiwi, tomate, brócolis, couve e pimentão são ricos em vitamina C, antioxidante que aumentam a resistência do organismo.

Frutas cítricas, vegetais, carnes, leguminosas, sementes e raízes são indispensáveis para prevenir a imunodeficiência. 

Outro estudo recente, comprova que as pessoas que dormem pouco, não possuem amigos ou companheiros, são pessimistas e possuem hábitos anti-higiênicos são os mais afetados pela baixa imunidade. 

Minha dica é: esteja atenta aos sintomas e alimente-se bem, pois o melhor remédio é uma boa alimentação e repouso. Ah! E faça amigos.  
Beijinhos. 






Acho que você também vai gostar de ler estes:

1 comentários

Aeh! Vai sair sem comentar? Que feeeio! Faz uma pergunta ou deixa um recadinho aqui pra gente. Depois, dá uma voltinha pelo blog, tem uma par de coisas legais pra você ler e assistir. Beijos na bochecha.

Copyrigth @2017

É um site sobre variedades. Criado em 2013 por Ellen Luz.
Aqui você vai encontrar informações sobre negócios, finanças, cotidiano, maternidade e tecnologia. Além de experiências reais de empreendedores, mães e a minha, é claro.