Mini saia, usa quem pode, só observa quem tem juízo! - Blog de empreendedorismo materno | Valor Em Casa

16 de julho de 2013

Mini saia, usa quem pode, só observa quem tem juízo!

A mini saia, sem dúvida é um dos itens femininos mais polêmicos, pois não é uma peça que qualquer uma pode usar. Inspirada em um cometário de uma amiga do facebook (beijo Thais), resolvi trazer pra vocês curiosidades sobre essa peça tão desejada, mas muito feminina e perigosa. Acompanhe.

Surgimento:

Gabrielle Chanel ou Coco Chanel
Há muitas histórias sobre sua origem. Na década de 20, com suas criações inovadoras ao vestuário feminino, Grabielle Chanel, para os íntimos, Coco Chanel, encurtou as saias e retirou o espartilho, dando liberdade às mulheres que queriam estar na moda sem ter seus movimentos privados por esses itens. Mas ela não criou a mini saia como a conhecemos, Coco Chanel apenas libertou as mulheres dando um ponta pé inicial para essa e outras criações. 




Mary Quant

O credito pela criação da mini-saia deve-se à Mary Quant, estilista dos anos 60, dona da butique Bazaar. Foi ela quem mudou radicalmente o guarda-roupa feminino criando uma peça de 30 centímetros de comprimento usada com botas de cano longo e camisetas justas. Paralelo a isso, em 1956, Helen Rose, figurinista e estilista de Hollywood  em uma de suas criações para o cinema, criou uma pequena saia para a atriz Anne Francis estrelar em  Forbidden Planet, fazendo moda em sua época. Por isso, à ela também é creditado a criação da mini saia.  

Duan Qun Miao










A mais antiga cultura conhecida em que as mulheres usavam minissaias era a Duan Qun Miao, que literalmente significa "saia curta Miao" em chinês. Isso foi em referência às saias curtas "que mal cobrem as nádegas" usada por mulheres da tribo, e que eram "provavelmente chocantes" para os observadores do povo han durante a Idade Média e Idade Moderna. (fonte http://pt.wikipedia.org/wiki/Minissaia) 







Em 2013, a mini saia faz pelo menos quarenta e quatro anos de criação e continua sendo peça de modernidade e estilo entre as mulheres. 

Em 1989, Françoise Vincent-Ricard, autor do livro "As Espirais da Moda da editora Paz e Terra,  diz que o verdadeiro criador da mini saia foi André Courrèges. "Ele não apenas encurtava as peças, mas as construía, dando formas diferenciadas, estruturadas e com estampas geométricas. Mary Quant apenas diminuía o cumprimento das saias e vestidos."
As mini saias da década de 60, também usadas com botas acima dos joelhos

Independente de quem ou o porquê a mini saia tenha sido criada, ela é, sem dúvida, peça indispensável no nosso guarda-roupa. Infelizmente, nem todos os corpos podem desfrutar deste item. Digo: 'a mini saia é uma peça a ser conquistada com exercícios e regime!'. Eu que o diga, tenho várias, mas nem toda academia do mundo me deixa relaxar quando visto uma mini saia. Sou adepta ao estilo "Use o que te faz bem!", mas não se engane, nem tudo o que você acha que te faz bem é usável. Veja alguns exemplos abaixo e jugue, se tudo em você está 'em cima', então se jogue, meu bem! Beijinhos
Pelo menos é um short-saia!

Isso é uma calcinha?
















2 comentários:

  1. Amei seu artigo!
    Amo mini saia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também amo mini saia.
      Que bom que gostou, afinal a ideia foi sua! Rsrsrs Beijos

      Excluir

Aeh! Vai sair sem comentar? Que feeeio! Faz uma pergunta ou deixa um recadinho aqui pra gente. Depois, dá uma voltinha pelo blog, tem uma par de coisas legais pra você ler e assistir. Beijos na bochecha.