O que o coelho e o chocolate tem haver com a Páscoa ? - Blog de empreendedorismo materno | Valor Em Casa

29 de março de 2013

O que o coelho e o chocolate tem haver com a Páscoa ?

Olá meninas! Vocês já se perguntaram porque comemoramos a Páscoa com chocolate, já que ela significa a Ressurreição de Jesus Cristo? Pois bem, existem varias historias sobre o assunto, mas a mais convincente conta que o ovo é um símbolo bastante antigo, anterior ao Cristianismo, que representa a fertilidade e o renascimento da vida. Muitos séculos antes do nascimento de Cristo, a troca de ovos no Principio da Primavera era um costume que celebrava o fim do Inverno e o início de uma estação marcada pelo florescimento da natureza. Para obterem uma boa colheita, os agricultores enterravam ovos nas terras de cultivo.
Quando a Páscoa cristã começou a ser celebrada, a cultura pagã de festejo da Primavera foi integrada na Semana Santa. Os cristãos passaram a ver no ovo um símbolo da ressurreição de Cristo.
Das tradições da Europa Oriental, o hábito passou aos demais países. Eduardo I de Inglaterra oferecia ovos banhados em ouro aos súditos preferidos. Luís XIV de França os mandava, pintados e decorados, como presentes. Isso iniciou a moda de fazê-los artificiais, de madeira, porcelana e metal, contendo alegras surpresas aos presenteados. Seu sucessor Luís XV presenteou sua amante 33 anos mais jovem, Madame du Barry, com um enorme ovo, o qual continha em estátua de Cupido. Essas tradições inspiraram também Peter Carl Fabergé na criação dos famosos e valiosos Ovos Fabergé.
Os ovos de chocolate vieram dos Pâtissiers franceses que recheavam ovos de galinha, depois de esvaziados de clara e gema, com chocolate e os pintavam por fora. Os pais costumavam esconder ovos nos jardins para que as crianças os encontrassem na época da Páscoa. Com melhores tecnologias, a partir do final do século XIX, se difundiram os ovos totalmente feitos de chocolate, utilizados até hoje.
E o Coelho? Bem, "já  o coelho foi uma forma de popularizar a festa", diz Maria Ângela de Almeida, teóloga da PUC-SP.
Desde o antigo Egito, o animal era símbolo da fertilidade devido à sua incrível capacidade de procriação. "O Pessach teve origem em ritos tribais, cujo objetivo era celebrar a paz entre os povos. O cordeiro era repartido entre os chefes das tribos, num jantar comunitário que reforçava suas alianças. Nesse contexto, o coelho veio substituir o cordeiro", afirma Maria Ângela.
Então é isso, tanto o ovo de chocolate, como o coelho são símbolos tradicionais da Páscoa, o importante é que eles não sejam o foco, pois devemos celebrar a Ressurreição do Filho de Deus. 
Outro alerta é a adoção impensada desses animais nessa época. Muitas pessoas adotam coelhinhos para presentearem seus filhos e netos sem pensar que ele é um animal de estimação como outro qualquer, por isso dá despesa e necessita de um local adequado e permanente para ficar, além de carinho e companhia. Como nem sempre isso é possível, elas acabam abandonando os bichos sem pensar nos problemas que isso pode ocasionar:

  1. alguns laboratórios aceitam animais abandonados para realizar testes. Lá eles são expostos à substâncias nocivas que os mutilam e os matam.
  2. coelhos se reproduzem em grande escala, dependendo do local que eles estiverem, isso pode prejudicar plantações e outros locais, tornando-os em uma espécie de praga, o que eles não são. 
  3. Além disso, esses animais são muito limpos e dificilmente transmitem doença, porém se não receberem o devido cuidado pode ser contaminados por doenças naturais e propagá-las para outros bichos.

Enfim, antes de fazer uma adoção, vamos ter consciência. Eles não são de pelúcia e muito menos descartáveis. Se você acredita em Deus, não pode maltratar um ser vivo que ele criou. Por isso, curta a sua Páscoa e se você quer um bichinho que não dê trabalho, compre um de brinquedo, mas se você tem interesse em adotar um pet para a sua casa, eles são os melhores companheiros que você vai encontrar. Palavra de quem é mãe de uma bolinha branca peluda que atende por nome de Tico, meu amor. Ele foi adotado assim, na empolgação da época, minha mãe presenteou meu sobrinho com um coelhinho, que foi logo esquecido após a festa. Se eu não o tive adotado, nem sei onde ele estaria agora. Por isso seja consciente![] 



Leia também:


Veja mais sobre datas especiais aqui no BLOG.

Gostou do artigo? Compartilhe nas redes sociais. Tem uma sugestão? Deixe seu comentário e nos ajude melhorar ainda mais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Aeh! Vai sair sem comentar? Que feeeio! Faz uma pergunta ou deixa um recadinho aqui pra gente. Depois, dá uma voltinha pelo blog, tem uma par de coisas legais pra você ler e assistir. Beijos na bochecha.